segunda-feira, 30 de setembro de 2013

* 2º encontro do Grupo de estudos.


* Programação especial da ABRACI para o mês de outubro.


DIA 06/10 (DOMINGO) 
 2º ENCONTRO DO GRUPO DE ESTUDOS

TEMA: ABA (Análise do Comportamento Aplicada) / Conceitos gerais e eficácia da aplicação. / Instrução familiar e como implementá-la.

LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública do Cruzeiro

HORÁRIO: 14 horas.

 
                DIA 09/10 (QUARTA-FEIRA)  ABRACI vai ao cinema.                           
 Atividade recreativa terapêutica

Nos encontraremos na ABRACI e iremos andando até o auditório da Biblioteca pública do Cruzeiro onde assistiremos lindos filmes de curta – metragem de animação com temática infantil.

De manhã: Nos encontraremos na ABRACI às 9:00 horas.

De tarde: Nos encontraremos na ABRACI às 14:30 horas.

 
DIA 12/10 (SÁBADO)
TARDE DE LAZER (em comemoração ao dia das crianças)

Cama-elástica, pula-pula, um lanche delicioso, distribuição de brinquedos para as crianças atendidas na ABRACI e muita alegria e diversão grátis para toda a família.

A partir das 13 horas na sede da ABRACI.

 
DIA 19/10 (SÁBADO) 
3º ENCONTRO DO GRUPO DE ESTUDOS (ÚLTIMO ENCONTRO)

Conceitos específicos / Reforço / Extinção de comportamentos inadequados / Time Out (entendendo alguns termos técnicos com uma linguagem simples).

LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública do Cruzeiro

HORÁRIO: 14 horas.

 

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO!

ABRACI-DF

 

domingo, 29 de setembro de 2013

* 2º Grupo de estudos 2013 - 1º encontro

Momento de estudo da abordagem ABA (Análise do Comportamento Aplicada), carinhosamente preparado pelas psicólogas de ABRACI, Renata Bessa e Karen Vargas.

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO VOCÊ TAMBÉM !






quinta-feira, 26 de setembro de 2013

* Presente da primavera para a ABRACI.

Se o AUTISMO fosse representado por uma fruta, com certeza, seria a JACA, tem se tornado atração principal para nossas crianças!!!

* Grupo de estudos (1º encontro)

Evento totalmente gratuito.
Apresentado pelas psicólogas da ABRACI: Karen Vargas e Renata Bessa.
Participem!

* ABRACI VAI AO CINEMA.

Passear é sempre muito importante para desenvolver a socialização de nossas crianças. Preparamos essa atividade com muito carinho em dois horários diferentes para que todos possam participar. Contamos com a presença dos nossos amigos associados da ABRACI e também de todas as famílias que desejarem um momento de alegria através de uma recreação terapêutica para suas crianças.
Maiores informações: Lucinete 81391255 ou Flávia 96187885.
 
 

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

* 2º grupo de estudos 2013.

A ABRACI-DF, convida os nossos amigos associados, familiares, professores e demais interessados que convivem com portadores de espectros do autismo para participarem do nosso próximo grupo de estudos.
Esta certamente é uma ótima oportunidade para conhecer ou aprofundar conhecimentos sobre a abordagem ABA (Análise do Comportamento Aplicada).
Serão três encontros que acontecerão nos finais de semana de 14 às 17 horas.
LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública do Cruzeiro, localizada próxima à Administração Regional.
INICIO: No próximo sábado, dia 28/09/2013.
INFORMAÇÕES: Lucinete 8139-1255 ou Flávia 9618-7885.
ou no e-mail: a.abraci.df@gmail.com
EVENTO TOTALMENTE GRATUITO.
ENVOLVA-SE COM O AUTISMO VOCÊ TAMBÉM!

sábado, 21 de setembro de 2013

* Dia das crianças é na ABRACI-DF.

A ABRACI acredita que é extremamente importante investir na socialização das nossas crianças e também entre todas as famílias que convivem com pessoas portadoras de espectros do autismo. Por essa razão estamos sempre buscando formas de oferecer diversão para nossas crianças. 

COMPAREÇA E TRAGA A SUA FAMÍLIA.

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO!


terça-feira, 10 de setembro de 2013

* Como o autismo difere em meninas e meninos.

article image

 


Novos estudos sugerem que gênero deve ser levado em conta no diagnóstico e na criação de tratamentos individualizados

Por que meninos são diagnosticados com autismo quatro vezes mais do que meninas? Novas pesquisas, incluindo informações anunciadas durante a conferência anual da Sociedade Internacional de Pesquisa sobre o Autismo, abordam esta questão, um dos maiores mistérios sobre a doença. Um grupo cada vez maior de médicos defende que existem diferenças marcantes entre os sexos quanto à susceptibilidade genética para o desenvolvimento da doença, o desenvolvimento do cérebro e a adaptação social de crianças autistas, que são significativos para a compreensão do distúrbio e de tratamentos adequados.
Pesquisadores da Universidade de Yale apresentaram resultados que mostram que o sexo feminino parece ter uma proteção genética contra o autismo. Enquanto isso, cientistas da Universidade de Emory mostraram em um trabalho preliminar que meninos e meninas com autismo aprendem informações sociais diferentes, o que os leva a sucessos e fracassos distintos nas interações com outras pessoas.
Os novos dados, em conjunto com estudos publicados anteriormente, sugerem que gênero deve ser levado em conta no diagnóstico e na criação de estratégias de tratamento individualizado, de acordo com especialistas.
O autismo, um transtorno de desenvolvimento caracterizado por déficits em habilidades sociais e comportamentos repetitivos, afeta mais de 1% da população. A doença é conhecida por ser diagnosticada mais frequentemente em meninos. No entanto, as meninas muitas vezes parecem desenvolver um autismo mais grave e acentuado. A proporção de novos diagnósticos, cerca de quatro meninos para cada menina, em geral, torna-se ainda mais desigual quando inteligência é levada em conta. Em níveis de inteligência mais elevados, meninos com autismo muitas vezes superam as meninas em oito ou 10 contra um, dizem os pesquisadores.
Não está claro por que está discrepância existe e quanto dela é distorcida por diagnósticos errados ou subdiagnósticos em meninas. Mais e mais, no entanto, cientistas acreditam que a distribuição desigual da doença em meninos e meninas é significativa.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

* Aprendendo a esperar.



Aprendendo a esperar. Mais um belo trabalho desenvolvido na ABRACI. Vale muito a pena ver esse lindo vídeo feito com tanto amor pela nossa associada Nívia, mãe da doce Izabel.