segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

* Fotos da confraternização de natal 2013.

Foi um dia de grande alegria e confraternização entre amigos, associados e colaboradores, celebrando com muita diversão as conquistas e o trabalho desenvolvido neste ano de 2013. Grandes batalhas que nos levaram a um crescimento e amadurecimento nessa jornada. Em paralelo à confraternização de natal da ABRACI, foi oferecido um maravilhoso curso de maquiagem, ministrado por Lila Dias. As mamães e associadas ficaram ainda mais lindas!!!
Agradecemos também à nossa amiga Luciana Dias que nos ajudou a promover esse momento especial.





 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

* Técnica da antecipação para diminuir ansiedade de crianças autistas.

 
Imagem
 
 fonte: www.meunomenai.com 

Técnica da antecipação para diminuir ansiedade de crianças autistas


Crianças com autismo possuem um modo particular de processar informações: diante de um fato novo, elas buscam em sua mente alguma imagem correspondente a ele. Se já tiverem se deparado em este fato anteriormente, ao menos uma imagem será encontrada, e elas ficarão tranquilas porque sabem que estão diante de algo pelo qual já passaram antes.
Caso a situação seja nova, entretanto, não encontrarão nenhuma imagem em suas mentes, e por ficarão ansiosas e incomodadas. Uma forma de evitar que o desconforto surja é oferecer-lhes imagens daquilo que elas ainda não conhecem para seu repertório mental. Trata-se de uma forma de antecipar a novidade, para que quando ela ocorra de fato a criança já esteja familiarizada e preparada para lidar com ela.
O recurso da antecipação pode ser usado quando a criança passará por alguma mudança de ambiente, seja por motivo de viagem, visita a parentes e amigos, ou mesmo troca de residência ou de escola.
Mostrar a ela uma fotografia do local, explicando com detalhes o que acontecerá lá – se chegará de carro ou a pé, se tocará a campainha, quem irá atender, o que fará ao entrar no local, as pessoas que deverá encontrar – é também uma forma de explicar-lhe qual é o comportamento esperado dela.
A estratégia pode ser bastante útil na escola, sobretudo naquelas onde as crianças tendem a fazer cada atividade em uma sala diferente, o que pode confundir e perturbar a criança com autismo. Para facilitar e otimizar seu tempo, o professor pode utilizar sinais e senhas em vez de descrever detalhadamente uma imagem. Um exemplo dessa tática é habituar-se a mostrar à criança um cartão com a cor da sala – ou da porta, de uma cortina –  onde será desenvolvida a atividade a seguir, por exemplo, antes de levá-la ao local.
Ações rotineiras, mas que não fazem parte do dia-a-dia da criança, como cortar os cabelos em um salão, também podem ser mais tranquilas quando se usa a antecipação. A criança pode ficar incomodada com o ruído do salão ou mesmo com a sensação dos cabelos caindo ao seu redor. Mostrar a ela fotografias de cabelos, tesouras, ou, de preferência, do próprio salão, durante alguns dias antes, ajudará a lembrá-la que o único objetivo daquela visita é ganhar um novo corte de cabelos, o que diminuirá sua ansiedade em relação ao que acontece ao seu redor.
 Fonte: Desafiando el autismo.
 
Crianças com autismo possuem um modo particular de processar informações: diante de um fato novo, elas buscam em sua mente alguma imagem correspondente a ele. Se já tiverem se deparado em este fato anteriormente, ao menos uma imagem será encontrada, e elas ficarão tranquilas porque sabem que estão diante de algo pelo qual já passaram antes.
Caso a situação seja nova, entretanto, não encontrarão nenhuma imagem em suas mentes, e por ficarão ansiosas e incomodadas. Uma forma de evitar que o desconforto surja é oferecer-lhes imagens daquilo que elas ainda não conhecem para seu repertório mental. Trata-se de uma forma de antecipar a novidade, para que quando ela ocorra de fato a criança já esteja familiarizada e preparada para lidar com ela.
O recurso da antecipação pode ser usado quando a criança passará por alguma mudança de ambiente, seja por motivo de viagem, visita a parentes e amigos, ou mesmo troca de residência ou de escola.
Mostrar a ela uma fotografia do local, explicando com detalhes o que acontecerá lá – se chegará de carro ou a pé, se tocará a campainha, quem irá atender, o que fará ao entrar no local, as pessoas que deverá encontrar – é também uma forma de explicar-lhe qual é o comportamento esperado dela.
A estratégia pode ser bastante útil na escola, sobretudo naquelas onde as crianças tendem a fazer cada atividade em uma sala diferente, o que pode confundir e perturbar a criança com autismo. Para facilitar e otimizar seu tempo, o professor pode utilizar sinais e senhas em vez de descrever detalhadamente uma imagem. Um exemplo dessa tática é habituar-se a mostrar à criança um cartão com a cor da sala – ou da porta, de uma cortina –  onde será desenvolvida a atividade a seguir, por exemplo, antes de levá-la ao local.
Ações rotineiras, mas que não fazem parte do dia-a-dia da criança, como cortar os cabelos em um salão, também podem ser mais tranquilas quando se usa a antecipação. A criança pode ficar incomodada com o ruído do salão ou mesmo com a sensação dos cabelos caindo ao seu redor. Mostrar a ela fotografias de cabelos, tesouras, ou, de preferência, do próprio salão, durante alguns dias antes, ajudará a lembrá-la que o único objetivo daquela visita é ganhar um novo corte de cabelos, o que diminuirá sua ansiedade em relação ao que acontece ao seu redor.

 Fonte: Desafiando el autismo.

* O menino astronauta.

 
Conheçam a linda letra da música O menino astronauta (Elisa Carvalho)

O menino astronauta
Vive num planeta diferente
Ele não fala com a gente
Porque se acostumou...
A falar só com as estrelas
O menino astronauta
Não sabe falar palavras, palavrinhas ou palavrão
Ele fica sentado sozinho
Pilotando seu avião
Sua mãezinha sabe
O quanto ele é especial
E seus irmãos também sabem
Eles amam o menino espacial.
O menino astronauta
Gosta de batata frita,
Gosta de sopa,
Gosta dos presentes que ganha do Papai Noel
O menino astronauta é tão puro
Que sempre parece que desce do céu.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

* Programação do mês de Dezembro.

Amigos associados da ABRACI, aproxima-se o fim de mais um ano, e temos muito o que comemorar. O ano de 2013 tem sido repleto de muito trabalho para a nossa associação, mais estamos felizes, pois podemos observar progressos incríveis no desenvolvimento de nossas crianças, e as vitórias de nossos pequenos é o que nos motiva a continuar buscando oferecer um atendimento de qualidade.
 
DIA 14/12 (SÁBADO) – Confraternização de Natal da família ABRACI

Momento de socialização entre os associados. Teremos sorteio de brindes, distribuição de brinquedos, cama-elástica, Karaokê, um lanche delicioso e muita alegria.

HORÁRIO: A partir das 13 horas na sede da ABRACI

A ABRACI estará de recesso de 23/12/2013 até 23/01/2014. Retornaremos as nossas atividades a partir do dia 27/01/2014. Pedimos a todos que observem a quantidade de faltas sem justificativas pois, devido ao grande número de crianças que aguardam a oportunidade de iniciarem seus atendimentos na ABRACI, estaremos disponibilizando as vagas dos associados com 3 faltas injustificadas (consecutivas os não).

Agradecemos o envolvimento de todos os que lutaram conosco para que a ABRACI pudesse realizar os atendimentos com cada vez mais qualidade. Esperamos continuar unidos e buscando juntos fortalecer a nossa associação em prol dos nossos amados filhos.

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO!

Lucinete e Flávia

* Parabéns Lucinete!!!

Hoje o dia é mais que especial. Dia de comemorar a vida da nossa amiga Lucinete F de Andrade. Ela que se dedica integralmente a causa do autismo. Ela que luta conosco e sempre tem uma palavra de apoio e um abraço solidário. Parabéns querida amiga. A ABRACI está crescendo a cada dia, graças ao trabalho de pessoas guerreiras como você. Parabéns pelo seu dia!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

* Atividade com fichas.

 


O procedimento de economia de fichas é uma das ferramentas de intervenção mais famosas utilizadas pelos analistas do comportamento - é comum que pais se baseiem nas medidas e criem algo semelhante, e podemos até ver o método sendo aplicado ...em programas de TV, como no programa SuperNanny (SBT).

Mas você sabe o que é economia de fichas? Saiba mais no texto do Comporte-se:
http://www.comportese.com/2012/03/economia-de-fichas-definicao-e.html

Economia de Fichas: definição e aplicação  

Definição 
 
A Economia de Fichas é uma estratégia de intervenção da Análise Aplicada do Comportamento que introduz contingências de reforçamento para resposta(s) considerada(s) adequada(s) pelo programador. Estas contingências de reforçamento geralmente são apresentadas em forma de fichas, pontos ou qualquer outro tipo de estímulo reforçador condicionado que possa sinalizar reforçamento em momento posterior. Assim, estas “fichas” podem ser trocadas por atividades, alimentos, objetos ou outro tipo de estímulo reforçador previamente definido. De acordo com Zambom (2006) as fichas também podem ser retiradas caso o organismo emita resposta(s) considerada(s) inadequada(s) pelo programador. 
Segundo Tomanari (2000, apud Borges, 2004) essa estratégia possibilita a formação de cadeias comportamentais, além de ser capaz de instalar e manter respostas adequadas com alta freqüência de emissão. A Economia de Fichas pode ser aplicada em grande escala, seja em relação ao número de organismos participantes do programa, seja em relação ao número de respostas a serem reforçadas num organismo.
 
Como utilizar 
 
De acordo com Caballo (2002) o diretor do programa de economia de fichas não é necessariamente o aplicador do programa. Este papel pode ser assumido por qualquer pessoa desde que treinada. Deve haver uma coordenação entre programadores e aplicadores e os objetivos do programa devem coincidir com os objetivos da instituição que o aplica seja ela hospitalar, escolar, clínica ou organizacional. 
Os aplicadores devem ser treinados antes da implantação do programa e devem ser escolhidos de forma que já tenha certo interesse por técnicas que fujam das formas tradicionais de modificação do comportamento como os fármacos. 
Caballo (2002) afirma que no início do desenvolvimento do programa, devem-se estabelecer as classes desejáveis de respostas-objetivo e os procedimentos para selecionar tais respostas. As respostas-objetivo que devem ser reforçadas têm de basear-se na população correspondente e nos objetivos de tratamento. Muito importante atentar para o fato de que as respostas-objetivo selecionadas durante o tratamento deverão se manter após o término deste e os reforçadores arbitrários dispensados durante o programa deverão ser substituídos progressivamente por reforçadores naturais. 
Deve-se estar muito atento para a necessidade de registro constante das respostas-objetivo; a quantidade de fichas dispensadas e de novas respostas-objetivo sugeridos com o objetivo de avaliar a evolução da mudança. 
Os aplicadores devem observar a evolução periodicamente de forma direta e de forma indireta, ou seja, através da mudança visível ou dos produtos comportamentais dessa mudança sempre a registrando minuciosamente. 
As fichas podem ser dispensadas o mais próximo possível da emissão das respostas para garantir a evolução. 
As listas com as respostas-objetivo, os reforçadores disponíveis e seu custo devem estar disponíveis todo o tempo para que aplicadores possam seguir a risca o programa e sempre proporcionar feedback positivo às pessoas que participam do programa a respeito de sua evolução para facilitar a generalização das respostas para outros ambientes não institucionais. 
Em grandes sistemas de economia de fichas faz-se necessário a criação de estratégias como um “banco” para evitar o roubo, perda ou acúmulo exagerado de fichas. 
Uma última estratégia para facilitar a mudança de comportamento a nível grupal é reforçar as respostas entrelaçadas de vários indivíduos através do sistema de economia de fichas.
 
Principais aplicações 
 
A economia de fichas é um tipo de tecnológica analítico-comportamental que pode ser usada nos mais diversos campos como estratégia de modelagem e/ou manutenção de comportamentos de indivíduos e grupos nos seguintes contextos: 
 
a) Asilos; 
b) Centros de Atenção Psicossocial; 
c) Centros de Referência de Assistência Social; 
d) Clínica; 
e) Comunidades; 
f) Creches; 
g) Escolas; 
h) Esportes; 
i) Hospitais Psiquiátricos; 
j) Hospitais, e; 
k) Organizações; 
l) Penitenciárias; 
 



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

* Último encontro do 2º grupo de estudos 2013

Foi com muita alegria que ontem finalizamos o 2º encontro do grupo de estudos 2013 da ABRACI. Foram momentos de muitos esclarecimentos e troca de experiências, dirigidos brilhantemente pelas psicólogas Karen Vargas e Renata Bessa . Aguardem, ano que vem tem mais.











terça-feira, 15 de outubro de 2013

Batendo bolão na ABRACI (atividade psicomotora)

Manhã de diversão na ABRACI! Estimulação através de dinâmica psicomotora que promova a socialização. Raphael e Vitor adoraram!


domingo, 13 de outubro de 2013

* Dia das crianças na ABRACI

As crianças da ABRACI receberam de presente uma tarde repleta de diversão, gostosuras e presentes.Tudo preparado com muito carinho para essas crianças tão especiais. Agradecemos a todos que estiveram presentes e colaboraram para que essa tarde fosse inesquecível.
 

 
 
 


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

* ABRACI foi ao cinema.

Hoje tivemos um momento muito especial e gratificante para a ABRACI. Foi dia de ir ao cinema. Foram duas sessões preparadas especialmente para as nossas crianças. Muita pipoca, refrigerante, salgadinho e principalmente muitos sorrisos encantadores. Agradecemos a todos os que estiveram presentes e aos que colaboraram para que esse momento acontecesse. Foi realmente um dia mágico...










segunda-feira, 30 de setembro de 2013

* 2º encontro do Grupo de estudos.


* Programação especial da ABRACI para o mês de outubro.


DIA 06/10 (DOMINGO) 
 2º ENCONTRO DO GRUPO DE ESTUDOS

TEMA: ABA (Análise do Comportamento Aplicada) / Conceitos gerais e eficácia da aplicação. / Instrução familiar e como implementá-la.

LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública do Cruzeiro

HORÁRIO: 14 horas.

 
                DIA 09/10 (QUARTA-FEIRA)  ABRACI vai ao cinema.                           
 Atividade recreativa terapêutica

Nos encontraremos na ABRACI e iremos andando até o auditório da Biblioteca pública do Cruzeiro onde assistiremos lindos filmes de curta – metragem de animação com temática infantil.

De manhã: Nos encontraremos na ABRACI às 9:00 horas.

De tarde: Nos encontraremos na ABRACI às 14:30 horas.

 
DIA 12/10 (SÁBADO)
TARDE DE LAZER (em comemoração ao dia das crianças)

Cama-elástica, pula-pula, um lanche delicioso, distribuição de brinquedos para as crianças atendidas na ABRACI e muita alegria e diversão grátis para toda a família.

A partir das 13 horas na sede da ABRACI.

 
DIA 19/10 (SÁBADO) 
3º ENCONTRO DO GRUPO DE ESTUDOS (ÚLTIMO ENCONTRO)

Conceitos específicos / Reforço / Extinção de comportamentos inadequados / Time Out (entendendo alguns termos técnicos com uma linguagem simples).

LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública do Cruzeiro

HORÁRIO: 14 horas.

 

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO!

ABRACI-DF

 

domingo, 29 de setembro de 2013

* 2º Grupo de estudos 2013 - 1º encontro

Momento de estudo da abordagem ABA (Análise do Comportamento Aplicada), carinhosamente preparado pelas psicólogas de ABRACI, Renata Bessa e Karen Vargas.

ENVOLVA-SE COM O AUTISMO VOCÊ TAMBÉM !






quinta-feira, 26 de setembro de 2013

* Presente da primavera para a ABRACI.

Se o AUTISMO fosse representado por uma fruta, com certeza, seria a JACA, tem se tornado atração principal para nossas crianças!!!

* Grupo de estudos (1º encontro)

Evento totalmente gratuito.
Apresentado pelas psicólogas da ABRACI: Karen Vargas e Renata Bessa.
Participem!

* ABRACI VAI AO CINEMA.

Passear é sempre muito importante para desenvolver a socialização de nossas crianças. Preparamos essa atividade com muito carinho em dois horários diferentes para que todos possam participar. Contamos com a presença dos nossos amigos associados da ABRACI e também de todas as famílias que desejarem um momento de alegria através de uma recreação terapêutica para suas crianças.
Maiores informações: Lucinete 81391255 ou Flávia 96187885.